sexta-feira, 23 de março de 2012

PROFISSÃO: TESTEMUNHA


Todos passamos por dificuldades e dentre elas a de testemunhar, digo isto em razão do desconhecimento sobre as pessoas  e isto nos levar a repensarmos acerca do que ou  de quem estaremos testemunhando.
Conta-se que durante um censo realizado no Brasil, um velho sapateiro foi abordado em sua casa. Quando lhe perguntaram qual era a sua profissão, ele respondeu: “Testemunha de Jesus”.
Sem ter entendido a resposta, o recenseador insistiu: “Meu senhor, eu não perguntei qual a sua confissão religiosa, mas qual a sua atividade profissional”. O bom velho confirmou a resposta: “Testemunha de Jesus”, e completou: “Eu conserto sapatos para me manter, mas a minha principal atividade é testemunhar de Jesus”.
Aquele irmão conhecia bem o mandamento do Mestre, registrado em At1:8 “Recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas.....
Os cristãos seriam muito mais felizes, satisfeitos e humildes se sua principal atividade fosse testemunhar de Jesus. Os seus corações estariam tão cheios do Espírito Santo frutificando o amor, a alegria, a fé, a bondade, o domínio próprio (Gl 5:22,23), que nada os faria desanimar ou naufragar na vivência Cristã; nada e ninguém, lhes tiraria o prazer de estarem servindo ao Senhor e vivendo exclusivamente para a sua honra e glória.
Portanto, há três formas principais como os salvos podem testemunhar de Jesus:
Dizendo quem Ele é.  Muitas vezes Jesus usou a expressão “Eu sou”, e uma delas está em Jo 6:35, onde Ele diz “Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome, e o que crê em mim jamais terá sede”. Diga a todos os que tiverem fome e sede de perdão e de salvação, que Jesus é o único que pode saciá-lo.
2º Dizendo o que Ele fez em sua vida. Compartilhe da obra de regeneração e de santificação que Ele realizou em teu coração, e os frutos disto: a paz, a alegria e esperança. Fale acerca do novo homem e das suas aspirações como Crente em Jesus.
3º Dizendo o que Ele significa para você. Anuncie que Ele é o teu Senhor e Salvador, o teu Consolador, o teu amigo infalível, o teu inerrante conselheiro.
            Esta é uma forma simples, mas muito eficaz quando aplicada. A Palavra de Deus não compara os cristãos a alto-falantes, mas a lâmpadas, que não falam, apenas brilham. Observem como o sol não emite qualquer som, mas o extraordinário brilho natural que o Criador lhe deu. Amém. Pense nisso.....
Pr. Nelinho